Assumem a diretoria do ICEx os novos diretores eleitos para gestão 2014/2018

Os professores eleitos para a diretoria do ICEx gestão 2014/2018 tomaram posse nessa última quinta feira, 03 de julho no auditório III do ICEx. leia mais 

 

Quem são os novos diretores

O diretor Antonio Flávio de Carvalho Alcântara é professor Associado IV do Setor de Química Orgânica do Departamento de Química do ICEx e bolsista de Produtividade do CNPQ. Pós-doutor em Química Orgânica, é doutor em Ciências e Mestre em Química Orgânica. Atualmente é membro do Comitê de Assessoramento da Sociedade Brasileira de Química e foi chefe do departamento de Química.

O vice-diretor Francisco Dutenhefner é professor Associado II do Departamento de Matemática do ICEx, mestre pela Universidade de São Paulo e doutor em Matemática pela UFMG. É coordenador do Colegiado do curso de Graduação em Matemática e participa da coordenação da OBMEP ( Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas).

 

dirr

 Prof. Chico (matemática) e Prof. Antônio Flávio (Tininha - química).

 

 Na solenidade, Antonônio Flávio discorreu sobre a sua trajetória acadêmica, desde o ingresso como estudante do curso de Química na UFMG, em 1980 e sobre os fatos ocorridos ao longo desse período que motivaram a formulação das propostas para a gestão que se inicia agora no Instituto.

tininha

 Diretor do ICEx (prof. Antônio Flávio)

 

São proposta da nova diretoria estabelecer metas e implementar ações para planejamento, desenvolvimento institucional, políticas acadêmicas, de gestão e de infraestrutura.

“Vamos criar espaços para os membros da comunidade, docente, discente e dos técnicos-administrativos para manifestarem suas opiniões e reivindicações”, explicou o novo diretor Antonio Flávio. De acordo com ele, será elaborado um Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) de planejamento e gestão, considerando a identidade do ICEx. “Vamos também criar uma Comissão Própria de Auto-Avaliação (CPA) para avaliar o atendimento às necessidades institucionais”.

A infraestrutura física do ICEx é outro fator indispensável para o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão. “Pretendemos renovar os ambientes de uso comum como salas de aula, auditórios, espaços de atendimento aos discentes, instalações sanitárias, laboratórios e os espaços de convivência e de alimentação”, informou o vice-diretor Francisco Dutenhefner.

Última modificação em Segunda, 07 Julho 2014 07:47