ICEx UFMG - Geral Site

Informações para inscrição via correio (sedex)

Prezado(a) Candidato(a),

 

As inscrições podem ser feitas via correios, porém, conforme a Resolução em anexo:RESOLUÇÃO COMPLEMENTAR Nº 02/2013 DE 07 DE FEVEREIRO DE 2013

seção II  Da inscrição:

Art 5º II Somente serão considerados inscritos os candidatos cuja documentação seja recebida dentro do prazo previsto no Edital, não se responsabilizando a UFMG por eventuais atrasos ou extravio da documentação. No caso de inscrição pelo Correio, do Termo de Inscrição constarão a data da postagem, a data e o horário do recebimento da correspondência.

 

 

 É de responsabilidade do candidato que a documentação seja entregue até o último dia da Inscrição. ( Ás inscrições que chegarem na UFMG após a data não serão aceitas).

 

 Abaixo estão todas as informações necessárias para inscrição via correio (sedex).

 

Endereço para envio do material:

 Universidade Federal de Minas Gerais

Instituto de Ciências Exatas - Secretaria Geral

Aos cuidados de Fernanda Lino

Av. Antonio Carlos, 6627 - Pampulha

31270-901  BELO HORIZONTE - MG

 

Para as inscrições via correios (SEDEX), o candidato deverá enviar:

 

  • Requerimento/ Formulário de Inscrição;
  • Comprovante do Pagamento de Inscrição;
  • Comprovante do titulo de Doutor conforme exigido no Edital;
  • Xerox da Identidade e CPF;
  • Xerox do comprovante de residência;
  • 07 cópias do currículum vitae;
  • 07 cópias do memorial (caso o edital exija);
  • 07 cópias do projeto de pesquisa (caso o edital exija);
  • Tema do Seminário ( este deverá ser escrita no requerimento de Inscrição);
  • 01 cópia dos documentos comprobatórios (diplomas, artigos (apenas 1º pagina), seminários, experiência docente (quando houver), palestras, etc. PODE SER ENTREGUE ATÉ 10 DIAS APÓS O ENCERRAMENTO DAS INSCRIÇÕES
  • ( Nos casos de prova elimiatória os documentos comprobatórios, deverão ser entregues em até 24 horas após o resultado da prova escrita  de caráter eliminatório)

 

 

 

Favor enviar email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. informando que foi feita a inscrição via correios.

foto-gustavo

Robôs que pesem no máximo 900 gramas e sejam capazes de seguir uma linha e de superar desafios e restrições definidas em regulamento podem ser inscritos na segunda edição da Competição de Robôs Autônomos (CoRA), que será realizada de 12 a 14 de agosto no Diretório Acadêmico (DA) da Escola de Engenharia.

As inscrições para as 25 vagas estão abertas até 29 de julho. Cada equipe inscrita pode ter até três membros regularmente matriculados em qualquer instituição de ensino superior ou de nível médio técnico.

Cada robô seguidor de linha deve cumprir determinado percurso sem intervenção humana ou comunicação externa e superar obstáculos como zigue-zagues e linhas descontínuas. Também será analisada a velocidade com que a equipe completou certos trechos da pista.

Organizado por integrantes do Programa de Educação Tutorial Engenharia Elétrica (PET-EE) e pela Autobotz, equipe de robótica da UFMG, a competição tem como objetivo oferecer ambiente para que os estudantes possam pôr em prática conhecimentos adquiridos em sala de aula, em disciplinas como controle, programação e robótica.

Mais informações no site oficial da competição e no regulamento.

Fonte: UFMG.br

 

 

Primeiro centro de engenharia do site de buscas na América Latina foi fundado em 2005

 

Quando o grupo de professores e alunos de Ciências da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) resolveram criar a startup Akwan Information Technologies, de serviços de busca, em 2000, não imaginavam que daquela pequena iniciativa, cinco anos depois, nasceria o primeiro centro de engenharia da gigante norte-americana de tecnologia Google da América Latina. Completando 10 anos no Brasil, Belo Horizonte pode se orgulhar de fazer parte do começo da história da empresa no país. E o escritório se prepara para crescer, com mudança para um espaço maior e planos de dobrar o número de funcionários. O investimento previsto para a expansão é de R$ 30 milhões.

Cofundador da Akwan e diretor de engenharia do Google no Brasil, Berthier Ribeiro-Neto lembra quando foi procurado, em 2005, para conversar sobre o interesse dos norte-americanos em adquirir a startup. “Uma das coisas que eram muito atraentes na proposta é que eles não estavam comprando os contratos, produtos e clientes. Eles estavam interessados nos engenheiros. Foi o início do Google no Brasil”, conta. Negócio fechado e, oficialmente, no dia 17 de julho de 2005, a gigante chegava à América Latina.

Ribeiro-Neto aponta que o foco do escritório em BH é o desenvolvimento da ferramenta de busca do Google, carro-chefe da empresa. E, mesmo sem ser claro para o usuário final, os projetos desenvolvidos pelo Centro de Engenharia têm impacto no mundo todo. “Qualquer usuário, em qualquer parte do mundo, em qualquer língua, que fizer uma pesquisa no Google vai ver, entre os 10 primeiros resultados da busca, um que foi colocado lá por algum programa que escrito aqui em Belo Horizonte. É um trabalho de impacto mundial”, observa.

O Google BH conta, hoje, com mais de 100 engenheiros de sete nacionalidades e 12 estados brasileiros. Desde 2005, já foram investidos mais de US$ 200 milhões na operação da capital mineira. Além de ser referência tecnológica e parte do cotidiano de bilhões de pessoas, a empresa fundada em 1997 pelos engenheiros Larry Page e Sergey Brin tem no estímulo à pesquisa e fomento do empreendedorismo, inovação e desenvolvimento de capital humano sua base de competitividade neste mercado em constante transformação. Um exemplo é o Google Research Awards que, em sua segunda edição na América Latina, distribuirá US$ 1 milhão ao longo de três anos para projetos acadêmicos de ciência da computação voltados para serviços de busca. Para buscar profissionais qualificados, eles fazem eventos de recrutamento em diversas universidades que tenham um programa de pós-graduação de excelência na América Latina.

 

Fonte: Diário de Pernambuco

 

 

logo caed ufmg

 

O Caed/UFMG e a graduação em Matemática a distância selecionam estagiário para atuação na secretaria do curso. As inscrições, que acontecem de 6 a 24 de julho, são abertas a alunos regularmente matriculados e frequentes em nos cursos presencias licenciatura ou bacharelado de Matemática e áreas afins da UFMG. Confira o edital de seleção.

O selecionado deverá cumprir carga horária de 20 horas semanais presenciais, em período diurno, e contará com uma bolsa, que não poderá ser acumulada com nenhuma outra acadêmica, no valor de R$ 600 e auxílio-transporte no valor de R$ 122. O contrato terá duração de seis meses e poderá ser prorrogado por até três vezes, pelo mesmo período, a critério do Caed e da coordenação do curso.

As inscrições deverão ser feitas pessoalmente, por meio de preenchimento de formulário disponível na secretaria do curso de licenciatura em Matemática, modalidade a distância, localizada na sala 1043 – Instituto de Ciências Exatas (ICEx), na Av. Antônio Carlos, 6627 - Campus Pampulha, Belo Horizonte- MG. A secretaria está aberta para atendimento ao público, de segunda a sexta-feira, de 14 às 17h.

Os candidatos deverão apresentar, no ato da inscrição, a cópia da carteira de identidade e do CPF, histórico escolar e currículo. A seleção incluirá análise da documentação apresentada e da disponibilidade do inscrito e uma entrevista, prevista para o 31 de julho, às 14h, na sala 4221 - Departamento de Matemática, no ICEx.

O resultado final será divulgado a partir do dia 5 de agosto na secretaria do curso de licenciatura em Matemática, modalidade a distância.

Informações: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (31) 3409-5973.


(Assessoria de Comunicação CAED/UFMG)

bandejao-1

 

A partir de 11 de julho, com o encerramento do semestre letivo da UFMG, o funcionamento dos Restaurantes Universitários (RUs) será alterado.

O Setorial II, no campus Pampulha, e o restaurante do campus Saúde servirão apenas o almoço. O funcionamento será de segunda a sexta-feira, das 11h às 14h.

O RU do campus Montes Claros também funcionará apenas para o almoço, de segunda a sexta, mas no horário das 11h às 13h30.

O Setorial I, no campus Pampulha, e o restaurante da Faculdade de Direito não funcionarão durante as férias.

Todos os restaurantes voltarão a funcionar normalmente a partir de 3 de agosto.

FONTE: UFMG.br

CEBI

 

O Instituto de Ciências Biológicas da UFMG recebe, até o dia 24 de julho, inscrições para o CEBI, Treinamento e Qualificação Profissional em Bioinformática. O curso será realizado aos sábados no Instituto de Ciências Biológicas e tem como publico alvo profissionais graduados em aéreas biológicas, ciências da computação e exatas.

 

O curso irá fornecer aos alunos conhecimentos básicos e intermediários de Bioinformática, que o capacitem na participação de projetos de pesquisa que utilizam ferramentas de biologia computacional para sua execução, bem como prepará-los para o ingresso em programas de Pós-graduação em Bioinformática.

 

Ao todo serão 102 horas de curso, dividas nos sábados entre 1 de agosto e 12 de dezembro. O programa está dividido em 5 módulos: Introdução à Bioinformática, Estatística, Genômica, Transcritôpica e Proteômica/Bioinformática Estrutural.

 

O investimento necessário para participar do Treinamento e Qualificação Profissional em Bioinformática, CEBI, é de 4.500 reais, que podem ser divididos em seis parcelas. Outras informações sobre o evento e um link para as inscrições você encontra no endereço eventos.icb.ufmg.br/cebi

DSC 0744

 

Estão abertas, até 10 de agosto, as inscrições de propostas de eventos para o Programa de Apoio Integrado a Eventos (Paie). Os projetos selecionados serão realizados entre os meses de setembro e dezembro de 2015.

Podem submeter propostas, com orçamento de até R$ 3 mil, docentes e técnico-administrativos da UFMG em atividade. Oeditalcontempla produções artísticas, esportivas, técnicas e científicas.

Os projetos devem ser encaminhados à sede do Paie, localizada na sala 6018, na Reitoria.

(com Assessoria de Comunicação da Pró-reitoria de Extensão)

virgilio almeida-thumb

 

O professor Virgílio Almeida, do Departamento de Ciência da Computação da UFMG, é um dos dois pesquisadores brasileiros aprovados pelo Programa Cátedra Capes-Universidade de Harvard. Virgílio deverá ficar cerca de 12 meses na universidade norte-americana, uma das mais prestigiosas do mundo, onde, na condição de professor visitante, desenvolverá pesquisas e ministrará dois cursos.

A seleção foi feita com base em lista com 10 pesquisadores de destaque enviadas pela Capes para Harvard, que escolheu dois nomes; Virgílio foi o primeiro classificado. O outro brasileiro selecionado é o professor Eduardo Góes Neves, da Universidade de São Paulo, que atua na área de Teoria e Método em Arqueologia.

A proposta de trabalho do professor do DCC em Harvard está dividida em três trilhas de pesquisa que, segundo ele, “buscam aumentar a compreensão das relações dos cidadãos e da sociedade com o ciberespaço”.

A primeira linha será centrada no estudo de políticas de governança na internet frente aos novos desafios trazidos pelos sistemas ciberfísicos. A segunda procura desvendar algoritmos proprietários com impacto social e público. E a terceira busca entender o impacto de algoritmos sobre o comportamento dos usuários em redes sociais.

Trajetória
Graduado em Engenharia Elétrica pela UFMG, Virgílio Almeida tem mestrado em Informática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1980) e doutorado em Ciência da Computação pela Vanderbilt University (1987). Professor titular do Departamento de Ciência da Computação (DCC) da UFMG, integra a Academia Brasileira de Ciências e a Academy of Science for the Developing World (TWAS).

Seu campo de pesquisa está concentrado em áreas como sistemas distribuídos em larga escala e suas propriedades, internet, caracterização de tráfego e cargas de trabalho, medição, modelagem analítica de performance e planejamento de capacidade de infraestruturas de processamento de informação. Na UFMG, ele coordena o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para a Web (InWeb), maior rede brasileira de pesquisa acadêmica sobre a internet.

Desde 2011, o professor do DCC é secretário de Política de Informática do Ministério de Ciência e Tecnologia, órgão responsável pela formulação de políticas de tecnologia da informação e comunicação para o país. Como titular do cargo, Virgílio foi o principal coordenador da Conferência Multissetorial Global Sobre o Futuro da Governança da Internet, realizada em São Paulo, no ano passado.

FONTE: UFMG.br

dcc

 

O professor Bruno Ribeiro, do Computer Science Department, da Purdue University, vêm até o ICEx na próxima quinta-feira para proferir a palestra “Mining and Predicting a Complex Networked World: Theory, Models and Applications”.

 

Durante a palestra, o doutor em computação pela University of Massachusetts Amherst falará sobre o desaparecimento de domínios web como MySpace e Hi5 e sobre a necessidade de transcender para além dos campos disciplinares da computação para compreender a ascensão e declínio dos já citados domínios.

 

A palestra será realizada na sala 2077 e terá inicio às 11 horas, do dia  2 de julho, quinta-feira. Mais informações sobre o professor convidado e os temas abordados estão disponíveis no site do dcc.

Página 5 de 42