ICEx UFMG - Mostrando itens por tag: Museu da Matemática

Acervo reúne material concreto para uso interativo de alunos e professores

Descobrir, brincando, que a matemática está presente por trás das estratégias e do raciocínio lógico de jogos de tabuleiro, quebra-cabeças, enigmas aritméticos e tantos outros materiais lúdicos é a proposta do Museu da Matemática UFMG, vinculado ao Departamento de Matemática do Instituto de Ciências Exatas (ICex). Nesta sexta-feira, 26, às 15h, o museu será apresentado oficialmente à comunidade, com a presença das professoras Benigna de Oliveira, pró-reitora de Graduação da UFMG, e Claudia Mayorga, pró-reitora de Extensão. Também estará presente a direção do ICEx e representantes de secretarias municipais de educação, parceiras do projeto.

O Museu reúne peças concretas e uma mostra da Exposição Matemática e Arte, da Sociedade Portuguesa de Matemática, cuja proposta é apresentar a professores e alunos, do ensino fundamental (a partir do 6º ano) e do ensino médio, elementos da Matemática Recreativa, retratada por Escher. O acervo diversificado — de jogos de tabuleiro a dobraduras de papel e sólidos perfeitos —  já recebeu no Festival da Matemática, realizado no ano passado, a visita de 3.200 alunos da educação básica de Belo Horizonte e municípios vizinhos.

Segundo a subcoordenadora do projeto, professora Carmen Rosa Giraldo Vergara, embora o conceito da Matemática Recreativa tenha sido implementado pelo norte-americano Sam Loyd, no século 19, com a popularização das ciências, o uso de materiais lúdicos tornou-se uma importante ferramenta para desmitificar o ensino da matemática e mostrar que essa pode ser uma área divertida e prazerosa. Outro propósito do projeto, segundo a professora, é preparar material concreto e de suporte, como cartilhas explicativas para professores da educação básica, com apresentação de propostas que podem ser aplicadas em salas de aula.

“O Museu é também espaço de formação dos estudantes de licenciatura em Matemática da UFMG, que, a partir da atuação como monitores, enriquecem sua formação como futuros docentes”, complementa a subcoordenadora.

As visitas ocorrem aos sábados e em períodos não letivos da UFMG e devem ser agendadas pelo site do Museu, com limite de 30 pessoas por  vez. No site e na página do Museu no página do Museu no Facebook também são disponibilizados links e atividades da Matemática Recreativa.

Projeto de extensão

 

A ideia do Museu da Matemática  teve origem, segundo a professora Carmen Vergara, na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em 2017, cujo tema foi A matemática está em tudo. A concretização do projeto se deu durante o Festival da Matemática, realizado no ano passado pelo Departamento de Matemática do ICEx. Coordenado pelo professor Fábio Brochero, o projeto de extensão conta com dois bolsistas e com a colaboração dos alunos do grupo PET-MAT-UFMG.