Nota de esclarecimento do Conselho Universitário à comunidade

Reunido excepcionalmente na tarde desta segunda-feira, 25, o Conselho Universitário da UFMG posicionou-se, por meio de nota, sobre fatos associados à prisão de pessoas suspeitas de tráfico de drogas nas dependências do campus Pampulha. O comunicado, assinado pela reitora e presidente do Conselho, professora Sandra Regina Goulart Almeida, esclarece que “a sentença judicial, proferida em 24/10/2019, pelo Juiz de Direito da 3ª Vara de Tóxicos da Comarca de Belo Horizonte, da qual o MEC foi notificado, deixa claro que nenhum dos acusados é estudante ou servidor da UFMG, nem tem qualquer vínculo com a Instituição”.

 

Nota do Conselho Universitário da UFMG_25.11.2019.pdf

 

A notícia completa pode ser lida no LINK

Última modificação em Quinta, 28 Novembro 2019 00:21