Programas de formação de educadores terão encontro inicial nesta sexta

Escolas
Evento relacionado ao Pibid e ao Residência Pedagógica terá início às 14h, no CAD 1

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e o Residência Pedagógica (RP) terão encontro inicial nesta sexta-feira, 17 de agosto, a partir das 14h, no auditório nobre do CAD 1, campus Pampulha. Os dois programas promovem a imersão dos estudantes de licenciatura da UFMG em escolas de educação básica. Recentemente, foram abertas 834 vagas para estagiários.

Durante o encontro, o professor Orlando Gomes de Aguiar, da Faculdade de Educação (Fae), vai ministrar a conferência O Pibid e o Residência Pedagógica: histórico e análise atual, e  haverá reuniões de planejamento de docentes e alunos da UFMG com professores das redes públicas de ensino envolvidos nos programas. O evento é destinado também a representantes das secretarias estadual e municipal de Educação, coordenadores de colegiados e dos cursos de licenciatura da UFMG.

A UFMG tem envidado esforços para garantir a excelência das atividades de formação inicial e continuada, bem como garantir a crescente ampliação das parcerias com as redes públicas de ensino. Nos últimos anos, foram criados programas de ensino e de extensão para fomentar a relação entre a formação e a prática docente realizada nas escolas por meio do estágio e das práticas. A instituição colabora com gestores públicos na discussão, criação, implantação e avaliação de  políticas públicas vinculadas ao fomento da formação inicial e continuada.           

Ética sustentável

De acordo com documentos que orientam a atuação da UFMG nessa área, a formação docente deve ser pautada por aprendizados que permitam identificar, sistematizar e analisar as demandas da realidade social à educação escolar, e a Universidade deve contribuir nas discussões e planejamento de um projeto de escola que atenda a essas demandas, ajudando a construir o perfil do docente a ser formado em diálogo com o projeto de escola e de sociedade. O objetivo é fazer o ensino articular-se com a pesquisa e a extensão, por meio do contato dos discentes da Universidade com a realidade social e com a escola.     

Com os programas Pibid e Residência Pedagógica, a UFMG apoia as redes de ensino no processo de elaboração, implantação e avaliação dos currículos que serão construídos de acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Em última instância, a Universidade trabalha para fortalecer as escolas públicas e elaborar um projeto comprometido com a formação de sujeitos críticos e capazes de atuar na construção de práticas sociais e tecnológicas  capazes de contribuir para a construção de uma sociedade eticamente sustentável.