ICEx UFMG - Notícias do Icex
Publicado em: Notícias do Icex
Avalie este item
(0 votos)

Em nota à comunidade publicada nesta quarta-feira, 15, a reitora da UFMG Sandra Regina Goulart Almeida e o vice-reitor da UFMG Alessandro Fernandes Moreira informaram que “a partir do dia 10 de janeiro de 2022, a UFMG avançará para a Etapa 3 do Plano de Retorno Presencial”. Essa etapa prevê a ocupação de 100% das instalações físicas da Universidade.

Acesse a Nota a comunidade universitária para maiores informações e  Plano de Retorno de trabalho presencial com as orientações sobre a etapa 3.

 

 

Publicado em: Notícias do Icex
Avalie este item
(0 votos)
A UFMG possui um acordo de duplo diploma com as escolas francesas do Grupo ParisTech (www.paristech.fr), que engloba as escolas AgroParisTech, Chimie Paristech, ESPCI Paris, Institut d’Optique Graduate School e Mines Paris Tech, e do Grupo IP-Paris, que inclui as escolas ENSTA e Telecom Paris.

 

Para participar do processo seletivo, alunos com excelente desempenho acadêmico enfrentam uma prova de conteúdos técnicos específicos da área pretendida elaborada pelos parceiros franceses e, os aprovados, fazem entrevistas com professores franceses.

Para 2022, quatro alunos do ICEx foram aprovados nesse difícil processo seletivo:

 

LUCAS SANTOS (física) aceito na ESPCI Paris
LEONEL MOTA SAMPAIO DURÃO (Ciência da Computação) aceito na Telecom Paris
DANIEL VICTOR FERREIRA DA SILVA (Ciência da Computação) aceito na Telecom Paris
LUIS GUSTAVO COSTA DA SILVA (Sistemas de Informação) aceito na Telecom Paris

 

O ICEx parabeniza os alunos selecionados e deseja que a estadia em Paris seja repleta de alegrias e sucessos, que aprendam muito e voltem para nos ensinar o que aprenderam.

 

Publicado em: Notícias do Icex
Avalie este item
(1 Voto)

Foi publicado na última quarta-feira, 3,  o Decreto presidencial que indica personalidades nacionais e estrangeiras, que tenham prestado contribuições relevantes à ciência e se destacado por suas qualidades intelectuais, acadêmicas e morais, ao título da Ordem Nacional do Mérito Científico. Entre os indicados, será condecorado na classe de Comendador, na área do conhecimento de Ciências Exatas e da Terra, o professor do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais (DCC/UFMG), Wagner Meira Júnior.

A Ordem Nacional do Mérito Científico, criada em 1993, foi instituída pelo Decreto nº 772/1993. Podem ser agraciadas até 40 personagens por ano, nas classes (grau) Grã-Cruz e Comendador. O presidente da República é o Grão-Mestre da Ordem e o ministro de Estado da Ciência e Tecnologia, o Chanceler. As propostas de admissão à Ordem (ou de promoção) são apresentadas ao Chanceler pelos membros do Conselho da Ordem, pela Academia Brasileira de Ciências ou por autoridades do campo da ciência. Após isto, as indicações são avaliadas por uma Comissão Técnica, constituída por membros designados pelo Chanceler, pela Academia Brasileira de Ciências e pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). 

Acesse a lista completa e conheça todos os agraciados.

FONTE DA MATÉRIA: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

 

 

 

Publicado em: Notícias do Icex
Avalie este item
(1 Voto)

 

A descoberta foi em agosto deste ano. Laysa Peixoto Sena Lage, que sempre estudou em escola pública, analisou o sistema solar em imagens de telescópio pelo computador de casa, no bairro Flamengo, em Contagem.

 

A "caçadora de asteroide" faz parte do Observatório Astronômico da UFMG e já está cheia de planos.

Laysa disse que "é uma experiência indescritível, sempre foi meu sonho poder contribuir com a física, com a ciência (...) sempre fui apaixonada pelas estrelas e o que me deixa mais feliz é que estudei a vida inteira em escola pública, então, independentemente de onde a pessoa estudou, ela pode realizar sonhos e conseguir o que quiser", comemorou. O asteróide foi batizado com as iniciais do seu nome LPS 003.

 

 

A informou completa pode ser lida na página do G1

 

 

Publicado em: Notícias do Icex
Avalie este item
(0 votos)

Em 1996, exatamente há 25 anos atrás, foi criado o Programa de Pós-Graduação em Estatística da UFMG.  Desde sua criação nosso programa já formou 261 mestres e 69 doutores que hoje atuam como professores e cientistas de dados em instituições no Brasil e no exterior. Alguns de nossos ex-alunos criaram suas próprias empresas e contribuem para o crescimento do país.

O PPG em Estatística da UFMG, atualmente nota 5 na avaliação da CAPES,  é referência no Estado de Minas Gerais e um dos principais programas de pós-graduação em Estatística do país. Seu objetivo principal é produzir pesquisa científica de alto nível e temos como missão formar profissionais altamente capacitados, oferecendo cursos de excelência e estimulando o desenvolvimento de novas metodologias em Estatística, Probabilidade e Ciência de Dados para a análise de dados complexos.  Visamos, com isto, que o caráter inovador da pesquisa desenvolvida em nosso programa contribua significativamente para o crescimento e desenvolvimento da sociedade, auxilie nas definições de políticas públicas, na melhoria de produtos entre outros. 

O ano de 2021 está marcado por premiações de nossos ex-alunos e docentes do programa. O professor Renato Assunção, ex-coordenador e atual colaborador do programa, acaba de ser condecorado com o Prêmio ABE 2020 de Pesquisador. Renato, atualmente professor do DCC,  atuou de forma significativa para o crescimento do Departamento de Estatística e para a consolidação do Programa de Pós-Graduação em Estatística da UFMG.

A ex-aluna Zaida J. Quiroz Cornejo , atualmente professora na PUC-Peru,    recebeu o Best Paper Award 5th Latin American Conference on Statistical Computing (LACSC 2021) pelo trabalho

 




Fast Bayesian inference for block-NNGP for large data, Zaida J.Q. Conejo, Marcos O. Prates, Dipak Dey, Harvard Rue.




Duas dissertações de mestrado (Ana Júlia Câmara e Ricardo Pedroso) e duas teses de doutorado (Douglas Azevedo e Juliana Freitas) estão entre as três finalistas dos Prêmios ABE de Mestrado e de Doutorado - edição 2020, respectivamente. O Prêmio ABE é uma competição nacional promovida pela Associação Brasileira de Estatística a cada dois anos. Em edições anteriores, a  professora  Jussiane Gonçalves, aluna de nosso Programa de Doutorado,  e o professor Cristiano Santos foram os  únicos  egressos do programa  a receberem tal premiação. Jussiane ficou em primeiro lugar no concurso de Dissertação de  2018 e Cristiano ficou com o segundo lugar no concurso de 2012.  Os trabalhos indicados  à premiação neste ano são:

 

C:\Users\BINA\AppData\Local\Temp\Rar$DRa10340.39168\Douglas.jpg


Douglas Roberto Mesquita Azevedo (tese de doutorado). Spatial Confounding Beyond Generalized Linear Mixed Models: Extension to Shared Components and Spatial Frailty Models.  Orientador: Marcos Oliveira Prates. Coorientador: Dipankar Bandyopadhyay (Virginia Commonwealth University, EUA).



Juliana Freitas de Mello e Silva (tese de doutorado). Joint Modeling Longitudinal and Survival Data via Bernstein Polynomials.  Orientador: Vinícius Diniz Mayrink. Coorientador: Fábio Nogueira Demarqui.



C:\Users\BINA\AppData\Local\Temp\Rar$DIa13408.47633\Juliana.jpg

C:\Users\BINA\AppData\Local\Temp\Rar$DIa8800.41000\AnaJulia.jpeg



Ana Júlia Alves Câmara (dissertação de mestrado). Modelo Aditivo Generalizado para Dados de Contagem: Uma Aplicação para Avaliar o Impacto da Poluição Atmosférica na Saúde.  Orientadora: Glaura da Conceição Franco. Coorientador: Valdério Anselmo Reisen (UFES).



Ricardo Cunha Pedroso (dissertação de mestrado). A Bayesian Multiple Partition Model for Multiparametric Change Point Detection.Orientadora: Rosangela Helena Loschi.

C:\Users\BINA\AppData\Local\Temp\Rar$DIa17988.7845\Ricardo.jpeg

A divulgação dos vencedores ocorrerá entre 14 e 17 de setembro de 2021 durante o evento de premiação a ser transmitido pelo canal YouTube da Associação Brasileira de Estatística  (https://www.youtube.com/channel/UCwyU4TPKfEjVPrCnzfETSHQ).

 

O ano de 2021 também celebra a assinatura de nosso primeiro acordo formal de cotutela com a Université Paris-Saclay(França). Este projeto é uma iniciativa do professor Valdério Reisen, colaborador de nosso programa, e abre as portas do programa para uma cooperação mais efetiva entre docentes do programa e a Université Paris-Saclay. Também favorece o intercâmbio de discentes entre as instituições.

 

Gostaríamos de registrar nossa gratidão a todos que têm contribuído como o nosso programa, em especial, agradecemos aos seus  idealizadores e criadores, professores Chico Soares,  Arminda Siqueira,  Cibele Comini, Emília Sakurai, Emílio Suyama, Gregório Atuncar,  Maria de Fátima Drumond , Sueli Mingoti, e a todos os coordenadores do programa, professores Emílio Suyama, Arminda Siqueira, Renato Assunção, Enrico Colosimo, Glaura Franco, Marcos Prates e Flávio Bambirra. O trabalho e dedicação de todos foram e ainda são fundamentais para todos nós e para o crescimento do nosso departamento.

 

Publicado em: Notícias do Icex
Avalie este item
(1 Voto)

Mesmo a distância, grupo interdisciplinar de estudantes mantém atuação inovadora. Entre outras soluções, Eita UFMG! desenvolve aplicativos de mobilidade e controle de acesso a espaços físicos.

A iniciativa é aberta a qualquer estudante da UFMG. A seleção ocorre semestralmente, e todas as informações sobre o processo são divulgadas no site do Eita!. Na mesma página, também estão disponíveis mais informações sobre os projetos em andamento.

Veja a matéria completa aqui

 

 

Publicado em: Notícias do Icex
Avalie este item
(0 votos)

Hoje dia 12 de maio comemoramos o dia mundial de celebração das Mulheres na Matemática. A data foi escolhida em homenagem à Maryam Mirzakhani, a primeira mulher ganhadora da medalha Fields em 2014, nascida em 12 de maio de 1977.

Diversos coletivos de mulheres matemáticas organizam ações para marcar esta data no Brasil. O coletivo Matemática: substantivo feminino, celebra esse dia com a instituição do título "Embaixadoras da Matemática".

Foram escolhidas 10 Mulheres Matemáticas para representarem todas as matemáticas. Vocês podem ver o que elas têm a dizer em: VÍDEO.

 

Parabéns para todas essas mulheres

Publicado em: Notícias do Icex
Avalie este item
(0 votos)

A partir da próxima segunda-feira, dia 17, a UFMG avançará à etapa 1 do Plano para o retorno presencial de atividades não adaptáveis ao modo remoto, segundo nota à comunidade universitária divulgada hoje, 10, pela reitora Sandra Regina Goulart Almeida e pelo vice-reitor Alessandro Fernandes Moreira. A decisão é respaldada por orientações do Comitê Permanente da UFMG de Enfrentamento do Novo Coronavírus, com aquiescência da Comissão de Acompanhamento do Conselho Universitário.

A matéria inteira pode ser lida aqui

 

 

Publicado em: Notícias do Icex
Avalie este item
(1 Voto)

O dia 12 de Maio, dia do aniversário de Maryam Myrzakhani, a primeira mulher agraciada com a Medalha Fields, foi escolhido pela comunidade matemática internacional como o Dia para Celebrar a Mulher na Matemática.

Assim, as as atuais professoras e alunas do Departamento de Matemática da UFMG, aproveitaram a data para agradecer àquelas que abriram o caminho e se tornaram fonte de inspiração para muitas mulheres.

Homenagem das professoras do departamento de Matemática

Para ver os outros eventos Celebrando a Mulher na Matemática, que acontecem durante o mês de maio, no mundo visite a página

 

 

Publicado em: Notícias do Icex
Avalie este item
(0 votos)

O Anexo 3A do Departamento de Química, vinculado ao Instituto de Ciências Exatas (ICEx), no campus Pampulha, foi inaugurado nesta quinta-feira, dia 6, em cerimônia que contou com a presença da reitora Sandra Regina Goulart Almeida, do governador Romeu Zema, do ministro da Educação, Milton Ribeiro, e dos deputados federais Igor Timo (Podemos) e Rodrigo de Castro (PSDB).

O professor Ruben Dario Sinisterra Millán, chefe do Departamento de Química, afirmou que o prédio foi concebido segundo padrões internacionais de segurança e é dotado de um sistema de exaustão sem precedentes em suas instalações. “Ele foi projetado para abrigar laboratórios de química. Possui duas saídas de emergência em cada laboratório, alarmes de incêndio, chuveiros e lava-olhos [equipamentos de segurança para higienização emergencial de pessoas contaminadas por substâncias químicas]”, exemplifica o professor. Além disso, é dotado de reservatório para água de chuva. “É uma edificação verde e sustentável, projetada para o futuro”, afirma Ruben Sinisterra.

 

A matéria completa pode ser lida acessando o LINK

 

Página 1 de 34